Não, não é a minha volta.

junho 15, 2011



 Sabe, eu estava com saudade, saudade do conforto que esse blog me faz ter,  das palavras que sempre encontro, dos meus desabafos meio loucos, das minhas ânsias, fantasias e do meu dia-a-dia. Minha alma se encontra aqui, exposta, pra quem quiser ver, conhecer.
 Não, eu não voltei definitivamente, só passei para dá um breve olá a todos e deixar apenas um pequeno desabafo aqui...

  Esses dias garoto, tem me feito crescer, enxergar da maneira certa, as músicas se tornando as certas, meu gosto musical se definindo, não sou mais aquela garota punk, gosto de escutar pop internacional, gosto de escutar música indie, aquelas músicas antigas do tempo da minha mãe, eu viajo com elas, elas me completam, elas me fazem sonhar. E então uma batida mais pesada, uma batida de 30 Seconds To Mars, não que eu não escute, não que eu não ame, mas não combina com meu momento, não combina com os meus dias. A música, o tempo curto, a falta de você. Parece que foi ontem que você puxou meu cabelo,agora vermelho, e me fez rir feito boba, e eu escuto aquela música da Adele, Rolling in the Deep, e vou lá procurar no vagalume a tradução, que seja. É, lá vai eu pra mais um devaneio, pra mais uma das minhas epifanias esquisitas.
 Eu estou sentindo falta de mim, estou sentindo falta daquela falta de responsabilidade, estou me vigiando, me cercando, estou crescendo, me transformando, em alguém sem tempo, com responsabilidades e uma tremenda saudade no peito...principalmente de você.

12 comentários:

  1. Ah, que bom que resolveu dar uma passadinha aqui, seu textos fazem falta!
    Eu simplesmente amei o texto, acho que por eu ter me "encontrado" nele. Acho que estou nessa fase ai, de mudanças, de me prender, talvez por medo de sofrer novamente. Também sinto essa saudade no peito, saudade do meu antigo eu, saudade de pessoas, daquela pessoa, que provavelmente foi quem fez com que eu quisesse mudar.
    Parece que esse texto foi feito exatamente para mim, exceto pelo cabelo vermelho, rs.
    Lindo o texto. (:
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Estou acompanhando seu outro blog, mas este é especial rs!
    não fique tanto tempo sem postar aqui, faça passagens mesmo que rápidas - feito está - para nos deixar matar a saudade.
    ótimo texto

    ResponderExcluir
  3. "Eu estou sentindo falta de mim, estou sentindo falta daquela falta de responsabilidade, estou me vigiando, me cercando, estou crescendo, me transformando, em alguém sem tempo, com responsabilidades e uma tremenda saudade no peito..."

    Simplesmente me definiu com esse trecho.

    Beijos e volte logo.

    ResponderExcluir
  4. É muito bom ter um Blog mesmo,principalmente quando você quer falar algumas coisas que não consegue expressar direito.

    Gostei muito do texto,pena que você não vai mais postar muito aqui.

    ResponderExcluir
  5. " Eu estou sentindo falta de mim, estou sentindo falta daquela falta de responsabilidade, estou me vigiando, me cercando, estou crescendo, me transformando, em alguém sem tempo, com responsabilidades e uma tremenda saudade no peito..." Isso me definiu,mesmo.

    Amei sua passada rápida aqui *-*

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sei bem de algumas coisas desse texto... como por exemplo a ausência na blogsfera e a saudade de alguém especial o bastante.

    Obrigado por passar pelo In.diferentee e por sempre deixar suas palavras nele.

    Fique bem, Elania.

    ResponderExcluir
  7. Acho que um dos piores momentos da vida é quando estamos no processo de transformação de algum aspecto em nós mesmos. A gente tem que aprender a se desfazer de algumas coisas, se acostumar com novos gostos, é complicado. O desapego é difícil.

    ResponderExcluir
  8. Sempre algo falta, e isso foi o assunto do meu último post, haha. Mas então, entendo você. De vez em quando dá vontade de parar, deixar esvaziar a cabeça de tudo mesmo... Volte logo!

    ResponderExcluir
  9. yeah! eu passei por isso também, uns dois anos atrás xD
    gostei muito do texto.

    ResponderExcluir
  10. Olá querida! Hoje venho te visitar por uma causa mega importante!
    Esperamos você no Caminhar para conhecer nossa campanha, ok?
    Passa lá: http://precisocaminhar.blogspot.com/2011/06/ela-doa-seu-amor-para-as-criancas.html

    Bj
    beta

    ResponderExcluir
  11. Como disseram ali: não fique muito tempo sem postar, mesmo que seja passagens rápidas como essa. :) Não vale a pena sufocar essa falta dentro da gente, sabe? Faz mal...

    beijos, flor!

    ResponderExcluir
  12. ah como gosto dos teus textos! E eles fazem muita falta, sabe. Mas adorei que tenha voltado para dar um 'oizinho' que seja; o texto está fantástico como sempre, e eu também sinto essa saudade... e dói, não?

    ResponderExcluir

NÃO FAÇAM PROPAGANDAS AQUI !
Desde já, agradeço sua iniciativa para comentar.

 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS