Ela

outubro 10, 2010

Ela se prende nas cordas soltas. Esperando que alguém venha salvá-la. Mas por quê? Ela não consegue ver como a vida foi injusta. E se ela morresse ali não ia ser lembrada. Seu choque foi tamanho. Eu não vou ser lembrada, pensou. Tentou sair das malditas cordas, mas foi em vão. Uma se prendia ao redor do seu pescoço, quanto mais se debatia mais apertava. A injustiça de seus pensamentos lançavam lágrimas em seu rosto mágico, com uma íncrivel beleza. Por quê?. Será que vão me odiar pelas escolhas que eu fiz?, se perguntou. Ela não sabia responder. Tentou novamente sair das cordas que a envolviam. Prometeu a si mesma que melhoraria. Que amaria e retribuiria. Cansou de lutar, faltava-lhe ar. Parou. Chorou. E as lágrimas se desfizeram em seu corpo. Será que vou sair daqui algum dia?, já se desesperava.Até que ela ver alguém correr na sua direção, alguém desconhecido. Retirou-a de lá e ela agradeceu, já agia como antes, então lembrou da sua promessa. Tratou de conhecer aquele a quem a salvara. E um sorriso brotou em seu rosto martirizado pelas lágrimas, ele sorriu em retribuição. Ela soube que algo mudara dentro dela, nunca soubera o que era compaixão e aquele desconhecido mostrou a ela. Agora poderei ser lembrada, pensou...


Nota: 9,0

11 comentários:

  1. Interessante...Misto de fraqueza com decisão.Acho que o medo faz coisas incríveis por nós...Na realidade o medo não, mas sim nossa postura diante dele.

    Enfim..Um texto muito bom!=)
    Obrigada pela visita lá.Meu último post estava editado errado, na realidade é menor do que aparentava ser.heheh'
    Espero sua passada por lá de novo.
    Biejos.
    =**

    ResponderExcluir
  2. me idenfiquei pra caramba :'D
    lindo texto!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pelo comentário de vcs (: Bjjs e pelo elogio.

    ResponderExcluir
  4. Olá Elania
    eu a vi no meu outro blog o Incontido onde estou de férias, então a trouxe pra cá, rs.
    Agora com mais tempo venho ler-te ..

    Quero encontra-me de uma maneira bem sutil em seus textos, creio que conseguirei pelo pouco
    que já lí por aqui...

    Abraços querida, volto mais vezes..

    beijo meu'

    Callie

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu texto, indecisões e dúvidas! Todos ja se encontraram nesa situação.

    ResponderExcluir
  6. Oi querida, amei seu blog. Amei seus posts! Tá de parabéns!!!!

    Obrigada por me seguir!

    Tô seguindo aki tbm!

    Bjos no coração

    Nina

    ResponderExcluir
  7. Ah! Tbm toh te seguindo no twitter!

    ResponderExcluir
  8. Nina, Alice e Callie muito obg pelo carinho e comentários. São nessas horas q vejo q sim, eu escrevo algo q toca,rs. bjjs

    ResponderExcluir
  9. porque precisamos tanto de sermos lembrados? por que a necessidade de ser eterno? de ser amado...?
    beijo!

    ResponderExcluir
  10. Ah, eu não conhecia seu blog antes, mt perfeito, seguirei.
    Você tinha "seguido" meu blog (http://railag.blogspot.com), mas o link estava errado. Depois você dá uma passadinha lá pra seguir denovo, com o link certo dessa vez.
    Beijo ;*

    RaílaG.

    ResponderExcluir
  11. @so sad . Necessitamos da confirmação que somos importantes para algo, mas esquecemos que o mais importante é ser para si. :) @Raila Obg pelo comentário do blog, e já tou seguindo o seu o/, desta vez, certo. :)

    ResponderExcluir

NÃO FAÇAM PROPAGANDAS AQUI !
Desde já, agradeço sua iniciativa para comentar.

 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS