I'm gone

agosto 06, 2011

Você não percebe
O que você fez com meus sorrisos?
Andam forçados,
sem brilho.
Eu não olho mais nos olhos,
com medo de fazerem chorar.
Eu não vejo mais o céu...
Por temer.
Por sofrer.
Por não sonhar.
Por querer e não poder.
E por você nunca me entender.
 # # # 


Recebi a tag: 10 coisas que eu amo, indicada pela Nayara ( Just Breathe ) e pela Yasmin (Bom dia Sophia )
Regras: 
1- Divulgar quem passou a tag.
2- Postar 10 fotografias das coisas que vocês mais amam.
3- Passar a tag a 10 blogs e notificá-los.
(p.s. Não vou indicar ninguém, quem se interessar, pode pegar *-*)
1. God









2. Family










3. Friends

4. Music









5. Read









6. Write












7. Chocolate









8.Movies and series









9. Tumblr and blogspot









10. Myself











Fontes das imagens we♥it e pessoais. Foto do filme : Moulin Rouge; tenho que ter um pouco de amor próprio né, é isso. Tenho mais uma novidade, mas deixo pra contar na próxima :b 

17 comentários:

  1. O negócio é não deixar nossos corações nas mãos de ninguém. Porque ninguém vai cuidá-lo da forma que esperamos... nossos olhos sempre vão encher de lágrimas com o tempo se não soubermos tomar conta de nós mesmos.

    ResponderExcluir
  2. É, como diz Caio eu tinha esquecido como é doído colocar o coração na mãos dos outros e dizer: Toma.
    É doído.
    Beijo .

    ResponderExcluir
  3. É..as vezes as pessoas, fazem coisas que não percebem e nos magoam. e Isso dói. Belo texto

    ResponderExcluir
  4. Olá !
    Meu no é Gabriela Dutra, sou do blog
    http://deixa-me-ser-entao.blogspot.com/

    Adorei seu espaço e já me tornei seguidora.
    Beijos e Sucesso

    ResponderExcluir
  5. aah amei o poema no começo e concordo com quase tudo *-*
    beeijos!

    ResponderExcluir
  6. A tag ficou legal, mas eu gostei mesmo foi do texto. Transmitiu muita verdade, muito sentimento...

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu cantinho....

    Seguindo.

    Também escrevo, passa lá!
    http://somdospassos.blogspot.com/

    Bei-joss

    ResponderExcluir
  8. Escreveu por mim em seu post,amei *-* E amei as fotos também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. adorei as fotos, super criativas as suas escolhas!

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    passei pra lhe fazer uma visitinha.
    Ótima semana .

    http://iasmincruz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Bemmm interessante o post e muito bom por sinal!

    http://musicalsalad.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. É complicado nos sentirmos assim, meio inseguras, perdidas, e é pior ainda quando não percebem, principalmente aquela pessoa que deveria perceber, que deveria entender, aquela pessoa por qual nos sentimos assim. Belo texto, apesar de triste.
    Ficou bem legal sua tag. :]


    PS: Então, gostaria que me explicasse o que há de errado no modo de comentários do meu blog, é que pra mim está normal, rs. Se puder explicar-me ficarei agradecida, afinal é muito importante que o blog esteja em "perfeitas condições" para vocês que dedicam um pouco de seus tempos para visitá-lo.
    Beijos linda.

    ResponderExcluir
  13. Olá tudo bem?
    Amei o poema.
    Ja fiz essa tag, é super divertido fazer. Também amo música um montão. ♥
    Beijos volta sempre.

    ResponderExcluir
  14. Vez ou outra a gente acha pessoas que nos fazem ficar assim, totalmente dependentes, e olha que pra sair desse buraco negro é difícil, mas existe a força de vontade e creio que nessas horas é o que há de mais importante pra nos levantar.

    Nhaa, chocolatee. *o* Eu estou comendo muito dele ultimamente e ainda assim só aumenta a minha vontade por mais e mais.

    ResponderExcluir
  15. Gostei bastante do seu blog e espero que não se importe, mas postei algo seu lá, tá? Coloquei os seus créditos, se não quiser, reclama que eu retiro o post. Aqui é lindo e seus posts são adoráveis, espero que saiba disso :D

    ResponderExcluir
  16. Lágrimas de Areia

    Lá estava ela, triste e taciturna.
    Testemunha de efêmeros conflitos,
    Com um olhar perdido no tempo,
    Não exigia nada em troca
    A não ser um pouco de atenção.

    Sentia-se solitária, oca,
    Os homens admiravam-na pelos seus dotes.
    As crianças, em sua eterna plenitude,
    Admiravam-na muito mais além...
    ... Mais humana!

    De sua profunda melancolia
    Lágrimas surgiram.
    Elas não umedeceram o seu rosto,
    Mas secaram o seu coração,
    O poço da alma,
    Aumentando cada vez mais
    A sua sede.

    Lá ela permaneceu; estática, paralisada!
    Esperando que o vento do norte a levasse
    Para bem longe dali!

    O dia começou a desfalecer.
    Seu coração, outrora seco e vazio,
    Agora pulsava em desenfreada arritmia.
    Desespero!
    A maré estava subindo...

    Em breve voltaria a ser o que era:
    Um simples grão de areia.
    Quiçá um dia levado pelo vento,
    Quiçá um dia... Em um porto seguro.


    Do livro (O Anjo e a Tempestade) de Agamenon Troyan

    ResponderExcluir

NÃO FAÇAM PROPAGANDAS AQUI !
Desde já, agradeço sua iniciativa para comentar.

 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS