E aquilo que era pra ser. E foi. E é.

novembro 03, 2011

 Acho que muita coisa mudou durante esse tempo todo. Eu disse, na postagem anterior, que o desapego tinha me "pegado", bang, ele me pegou sim, mas da maneira errada. Eu priorizei as melhores coisas e rebaixei aquilo que me fazia mal. Aprendi que não dá pra dizer que já era com teu melhor amigo, que vai fazer cinco anos de amizade, parecendo uma vida inteira, não dá pra ser desse jeito, talvez eu estivesse magoada demais na época, ainda me encontro magoada, mas ao mesmo tempo, renovada. Eu sei o tanto que ele me ama, o tanto que ele me respeita, eu queria que ele fosse meu irmão de verdade. Eu queria que de noite, a gente ficasse no sofá conversando besteira, falando dos amores que deram errado. Mas, sei lá, ele tá construindo a vida dele, enquanto eu ainda tô procurando a minha.
 Tudo fez isso, e o mundo dá voltas. De verdade. Revi um ex-amor, que fez meu coração bater loucamente como há tempos não fazia, chorei todas as noites de uma semana inteira por isso, por saber que o coração ainda o amava, ainda o queria, mas não podia tê-lo. Passou.
 Conheci mais amigos, me acheguei em um, aquele que me fez sentir especial, que se apaixonou pela minha irmã, que me fez ficar confusa, que fez meu coração se sentir aquecido por uma semana, encontrei meu segundo irmão; aquele que eu queria que ficasse sentado no escuro comigo de noite, segurando minha mão e dizendo que tudo vai passar. 
 Conheci bandas novas. Me viciei em Arctic Monkeys, acabei me fitando naquela nostálgica música do Lúxuria - "lama". Abri meus pensamentos espontaneamente pra minha mãe e pra minha irmã, algo que desde que eu lembre nunca fiz, e me senti em paz, pela primeira vez, pois sabia que minha mãe era minha amiga desde sempre, nossa, e eu, desperdicei isso por puro medo. 
 Acometi sensações únicas, e por alguns instantes, mínimos, eu percebi que algo me falta, apenas no lado esquerdo, no resto tá tudo bem.
 E sempre que preciso dizer algo do momento, eu vou lá no tumblr e falo tudo, mesmo que não seja o que exatamente é, mas eu estou me esvaziando. Eu já estive tão cheia antes, e hoje, enquanto escrevo isso, sei que esse mês será bom. Esse mês será melhor.
 E desta vez, eu sei que tem pessoas que me amam, me querem bem, me fazem rir e me acham chata.
 Eu amo isso tudo. Eu amo isso. 
 Palavra do dia : Tihuana - Um dia de cada vez, por ter feito e construído a história que aconteceu mês passado.

17 comentários:

  1. Vai ser melhor sim minha flor, se Deus quiser! Viva um dia e cada vez e faça dele um belo dia.

    Reativei o blog.~

    ResponderExcluir
  2. Mudanças.
    Essa é a palavra chave pra tudo nessa vida. Chega um momento, que nossa vida está monotona e é preciso exercer um papel fundamental de mudar o nosso meio afim de que nossos objetivos sejam concretizados de uma maneira mais forte. As vezes, acabamos tendo medo. Um medo antes de tentar que acaba destruindo uma porção de sonhos que tivemos, de objetivos que pensamos e até mesmo de amores que queremos.

    Na vida, é preciso cair. Cair 7 vezes, pra se levantar 8. Persista, não desista. O tempo vai mostrar o seu valor e eu tenho certeza que é imenso.

    Um grande beijo, com carinho,
    Pedro

    ResponderExcluir
  3. Ótimo!
    Renovação é a expressão agora.
    É assim que a gente se descobre. Quando pensamos ter esquecido alguém, nosso coração nos desmente. E sofremos... mas passa quando nos permitimos que passe.
    E em se tratando de amizade... bom, amigo pra mim é quem te quer bem. Sem que isso implique em está sempre presente. Porque amigos continuam amigos mesmo que estejam a dois mundos de distância.
    E sim, um dia de cada vez... sem querer atravessar final fechado. Respeitar as sinalizações do seu coração...
    E ser livre. Livre de nós mesmos.
    Saudades de passar por aqui e me encantar com suas experiências de vida, Elania ><
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. É necessário se esvaziar algumas vezes..na verdade sempre. Espero que tudo seja bom pra tii..

    ResponderExcluir
  5. Super concordo com o comentário acima.
    Esse mês concerteza será melhor para você!
    Bjs Elania, tenha um bom final de semana.

    ResponderExcluir
  6. Não tenho o que comentar, a Aryanne tirou as palavras da minha boca.

    ResponderExcluir
  7. É, acho que já se foi comentado tudo que era necessário, o que posso dizer é: melhor amigo não devia deixar de ser melhor amigo nunca. Mesmo que esteja construindo a vida dele. O meu está construindo, e eu tô aqui preenchendo o buraco que ele me deixou com histórias fantasiosas, nossas músicas/bandas preferidas e tentando aceitar que ele vai ser feliz ainda que eu não esteja por perto.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Texto muito bom,mostra bem como a nossa vida vai mudando com o tempo,e como a gente perde e ganha algumas coisas. E também como isso nos deixa confusos.

    ResponderExcluir
  9. Eu não conheço você, mas faz um tempinho que leio os seus textos e UAU, fiquei muito feliz em saber que está ficando bem e que as coisas estão se organizando pra você, fica bem Elania!

    ResponderExcluir
  10. Heein, estou fazendo outro sorteio de livro e um ipad2 no meu blog, participa?
    http://bruna-morgan.blogspot.com/2011/11/promocao-ainda-nao-te-disse-nada-de.html

    E fiz uma página no facebook, caso você tenha, há como curtir o meu blog? A opção está na coluna lá do meu blog, vou ficar MUITO feliz *o*

    ResponderExcluir
  11. Dói saber que o passado não passou e ainda está presente no coração. Triste e confuso, mas há de levantar a cabeça e ir adiante.

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Que coisa mais linda os seus blogs, passei minha manhã inteira lendo! Vc é tão talentosa, incrível. tem um jeito tão fofo de ver as coisas, tão simples e genial ao mesmo tempo! Eu gostei mto e estou te seguindo! Beijos sua linda <3 Parabéns pelo talento!

    ResponderExcluir
  13. realmente fiquei feliz por ver você escrever isso. Fico feliz quando vejo as pessoas se encaixando, se entendendo e ficando bem. E nada como um mês após o outro... que venha dezembro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. "[...]sempre que preciso dizer algo do momento, eu vou lá no tumblr e falo tudo, mesmo que não seja o que exatamente é, mas eu estou me esvaziando".

    Me identifiquei! Bom,quanto ao desapego (e estou falando de um amor antigo),com o tempo, a gente meio que esquece.Quer dizer, ele ainda está lá. Mas, não é a mesma coisa.Perdeu a graça.

    ResponderExcluir
  15. Lhe falei que o tempo sempre acaba dando um jeitinho em nós. Senti sua falta por aqui, de verdade.

    Beijos, pequena.

    ResponderExcluir
  16. Desabafar é tão bom, não é?
    Seu blog é bem fofinho, já o sigo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Elânia, tem uma tag pra ti fazer lá no Wink! Espero que a faça. Passa lá e confere. Bjo.

    http://miasodre.blogspot.com/2011/12/10-coisas-que-eu-mais-gosto.html

    ResponderExcluir

NÃO FAÇAM PROPAGANDAS AQUI !
Desde já, agradeço sua iniciativa para comentar.

 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS