Detalhes só meus

junho 07, 2012


A cabeça estava em outros tantos lugares enquanto o vento frio e forte batia em meus cabelos em todos aqueles fins de semana que eu não te via. Eu comecei a te enxergar em cada canto que eu virava o olhar, mas parei por ali, bem ali no meio.
 Eu deveria citar teu nome aqui, porque isso é quase como uma carta, uma carta de uma talvez despedida, não de vez, sabe. Eu estive apagando minhas mensagens antigas, das quase 800 ficaram menos de 70 e menos de nove são suas, são daquele tempo que eu nem sequer imaginava que seria rejeitada umas trocentas vezes por ti, foi daquele tempo que você disse que tinha me dado uma chance e eu não enxerguei, foi na beirada da metade do tempo em que você me deu uma segunda chance e eu não vi ela, de novo. Foi culpa minha tudo isso?
 Agora, eu estou quite com as lágrimas guardadas, com as tentativas furadas, com os acordes mal feitos, com as noites mal dormidas, ou os sonhos quase perfeitos, estou quite com meu coração, com o espelho, com meu ser.
 Mas hoje, só hoje, quero olhar pra você e ouvir você dizer um não, um não tão forte que eu pulasse pra fora do meu corpo e finalmente parasse de achar coisas onde não tem nada. NADA.
 Não vou negar que estou triste, que faz cinco noites que eu choro e uma delas foi até na tua frente, ao teu lado, você estava bem ali, mas NÃO SE IMPORTOU.
 Eu sempre estive aqui. E isso é o mais doloroso, eu estou sentindo cada dia mais que além de perder um amor, eu estou perdendo um amigo...


( Sumi, vou sumir, talvez eu ainda visite alguns blogs, mas, de verdade, irei vim aqui raramente. Minha vida anda conturbada e eu estou em um caminho meio difícil, as palavras até poderiam ajudar, mas não agora. Devo me melhorar mais e quando eu estiver bem, podem ter certeza que estarei aqui rindo. Um beijo na bochecha de cada um que não esqueceu de mim. Mas hoje, e por esse mês, eu fico por aqui. Ah! Caso queiram me acompanhar diariamente eu estou no tumblr e no facebook . )

8 comentários:

  1. Poxa, belíssimo texto. Pena que você vai ficar afastada :/

    ResponderExcluir
  2. Oi estou passando para te convidar para conhecer meu blog de moda e beleza da uma passadinha lá http://thaisgomespink.blogspot.com.br/
    se gostar me segue. Beijos rosa!!!
    Thais

    ResponderExcluir
  3. adorei o blog e estou seguindo, me segue tbm ?
    www.rebecacarolinee.blogspot.com
    Beijooos e fique com deus.

    ResponderExcluir
  4. ótimo post , meus parabéns muito legal o texto !
    Ei desculpa pedir isso mas eu já estou seguindo aqui segue também ?http://sabrinasilvacardoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Poxa.. eu sinto muito que você esteja sumindo. Desejo que tudo em sua vida melhore, e que você volte o quanto antes. Gosto muito dos teus textos..
    Beijos e fique com Deus.

    http://pequenasevidenciasdoamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Às vezes é preciso viajar para dentro de nós mesmas para nos encontrarmos numa esquina, sentada bem ali, onde nos deixamos da última vez que nos perdemos, ou melhor, da última que nos abandonamos.
    Desejo boa sorte em seu 'sumiço', quando se achar novamente, escreva alguma coisa para sinalizar seu êxito, porque mesmo que demore, virá.

    ResponderExcluir
  7. Concordo com a Maiara, para nos encontramos as vezes é bom estar só com nós mesmo para não nos confundirmos. ótimo texto, beijos. http://minutosdetedio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Mocinha, já se passou um mês! Ham.

    Sei como um não é bem melhor do que um talvez, um banho maria ou tudo que não possa ser um futuro sim.

    E dói quando o motivo dos seus sorrisos é o mesmo do que o das suas lágrimas, mas Elania, não se isole, não fica de mal com o espelho. E se ficar, fique por pouco tempo. Chame as amigas e saia, mesmo que seja pra falar mal de alguém que te irrite hihi (conselho meio by Meninas Malvadas, né? Mas acho que adianta...)

    Força na peruk, como dizem no twitter e, sei que é clichê, no entanto a vida sempre continua!

    Boa sorte nessa sua nova fase, porque sim, o fim de um amor ou grande apego abre uma nova janela na vida.

    Beijos e mesmo triste, lindo texto!

    ResponderExcluir

NÃO FAÇAM PROPAGANDAS AQUI !
Desde já, agradeço sua iniciativa para comentar.

 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS